Câmara de Itaquaquecetuba abriga exposições sobre Diretos da Pessoa Idosa, crianças e Adolescentes, Cordel e Praça das Artes

Sob a curadoria de Jandir Jorge de Souto, as três exposições seguem até o dia 30 de setembro

Publicado em: 11 de setembro de 2017

 

O Legislativo itaquaquecetubense está com seu hall de entrada permeado de cultura. Isso porque desde o dia 05 de setembro telas expondo a prevenção e os direitos da Pessoa Idosa, crianças e adolescentes, varais de cordel e uma maquete que figura o sonho de uma praça de artes no município abrilhantam a recepção da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba.

Sob a curadoria de Jandir Jorge de Souto, as três exposições seguem até o dia 30 de setembro.

A exposição “Mobilize-Defenda Direitos” reúne trabalhos realizados por pessoas assistidas pelo Centro de Assistência e Referência Social (CRAS) Caiuby, com a temática de “Prevenção da Violação de Direitos da Pessoa Idosa” e a “Prevenção de Situações de Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes. A ação é resultado de uma parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. As três mostras contam, ainda com o apoio cultural do Grupo Stratégia-Comunicação Visual. O apoio técnico fica por conta de Daniel Rodrigues.


Já a Exposição “Varal de Cordel – Uma experiência do Nordeste em Itaquaquecetuba” foi feita a 12 mãos e conta com o itaquaquecetubense Assis Oderan, além de Hiury Souza e Ádamis Oliveira, Luiz Esperandino, Nelson Buscapé, Severino Melo, Marciano Medeiros, Maria Farias, Moreira de Acopiara, Silvano Lira e Sônia Gervásio.


No Brasil, a literatura de cordel é encontrada no Nordeste, principalmente em Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. É encontrado também em outros Estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. São vendidos em mercados, feiras culturais, casas de cultura, livrarias e nas apresentações cordelistas. Cordel é a divulgação da arte, das tradições populares e dos autores locais e é de inestimável importância na manutenção das identidades e das tradições literárias regionais, contribuindo para a perpetuação do folclore brasileiro.


A terceira exposição é a “Praça das Artes – Um sonho transcrito através de uma maquete, para uma cidade que merece muito mais em seus 457 anos de fundação, mas depende de vontade política”. Esta por sua vez, com projeto e arte do Arquiteto Gil Sabino.


Com entrada gratuita, o público pode conferir o trabalho de segunda-feira a sexta-feira, das 9 horas às 17:30 horas.


Espaço Cultural


A Câmara Municipal de Itaquaquecetuba oferece gratuitamente estrutura e o espaço para exposições, que são realizadas mensalmente. Artistas locais e regionais que queiram utilizar o espaço para compartilhar um pouco do próprio trabalho e talento podem entrar em contato com cerimonial e eventos, na Câmara e consultar disponibilidade de agenda para este ano. O telefone para contato é o (11) 4646-4520.

 

 

 

 

Gisele Santos

Assessoria de Imprensa

Câmara Municipal de Itaquaquecetuba

 


Publicado por: Gisele Santos

Cadastre-se e receba notícias em seu email