Comissão debate falta de Segurança Pública no entorno do Itaquá Garden Shopping

Base da Guarda Civil Municipal (GCM) está sendo construída pelo empreendimento, desde a última segunda-feira, ao custo de R$100 mil reais e deverá ser entregue em 30 dias

Publicado em: 13 de junho de 2017

 

 

 

 

A falta de segurança no entorno do Itaquá Garden Shopping, recém-inaugurado em Itaquaquecetuba, foi tema de uma reunião promovida pela Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal nesta terça-feira (13 de junho), no plenário Maurício Alves Braz.

Composta pelos vereadores César Diniz de Souza (PT do B), o Cesinha da Associação, presidente e dos vereadores Luiz Otávio da Silva (PTB) e Rolgaciano Fernandes de Almeida (PODE), ambos membros da comissão, teve como principal objetivo propor medidas para amenizar a ação de marginais nas redondezas do empreendimento.

A reunião contou com a presença de vereadores, secretários municipais, e representantes das polícias Civil, Militar e Guarda Civil Municipal (GCM), bem como do gerente de operações do Shopping, Márcio Reis.

O presidente da comissão, vereador Cesinha da Associação explicou que reuniões anteriores do grupo deram conta das muitas reclamações sobre falta de segurança, tanto de lojistas quanto de moradores locais.

Márcio Reis, por sua vez, disse que algumas questões nos chamam atenção com relação à segurança pública no entorno do Shopping:

Internamente temos todo um aparato, o que nos aflige é o entorno. Temos notícias que uma série de fatores como falta de iluminação, transporte e segurança tem trazido enfrentamentos ao empreendimento e isso nos preocupa a médio e longo prazo, diante da expansão prevista para os próximos anos. Precisamos ter uma estrutura de entorno, acessibilidade externa positiva para conseguir vender as lojas. Hoje temos lojistas com dificuldades para contratar, reclamações sobre o difícil acesso, tivemos uma reunião com o prefeito e solicitamos medidas cabíveis”, explicou.

Segundo o gerente uma base da GCM está sendo construída pelo empreendimento, desde a última segunda-feira, ao custo de R$100 mil reais e deverá ser entregue em 30 dias.

Em sua fala o vereador Armando Tavares dos Santos Neto (PR), levantou a possibilidade de estudos para a implantação de uma rodoviária próximo ao empreendimento.

O presidente da comissão, Cesinha da Associação, ressaltou que existe uma intermediação com o deputado Federal Márcio Alvino (PR), para que seja enviada emenda para implantação do Detecta sistema de monitoramento inteligente.

O vereador João Batista Pereira de Souza (PSDB), o Pelé da Sucata, parabenizou o trabalho dos profissionais da segurança, mesmo diante da falta de efetivo e estrutura adequada.

Já o vereador Élio de Araújo (PT do B), o Elinho, citou a dificuldade de locomoção dos moradores do Caiuby que precisam pagar quatro conduções para ter acesso ao centro de compras, solicitou medidas necessárias com a criação de uma linha direta.

Rolgaciano disse que esse é um problema não só do Shopping, mas também da cidade.

A construção da base da GCM, na Estrada do Mandi, certamente, amenizará essa situação vivida hoje. Precisamos tomar medidas urgentes, 22 Câmeras de monitoramento desativadas é extremamente importante colocá-las para funcionar, precisamos ser mais práticos, ações de imediato!”, ponderou o membro da comissão.

O presidente Roberto Carlos do Nascimento Tito (PSDB), o Carlinhos da Minercal alertou para que a população registre o Boletim de Ocorrência para que as polícias possam ter dados de como e onde agir.

Celso Reis defendeu nova formulação na constituição para a punição mais rigorosa aos infratores.

O também membro da Comissão, Luiz Otávio da Silva (PTB), citou a possibilidade de fazer o B. O. Online e propôs reunião para ampliar as linhas de ônibus até o shopping, seguido da vereadora Adriana Aparecida Félix (PSDB), a Adriana do Hospital, que também pediu reunião técnica com a secretaria de transportes para resoluções imediatas.

Também participaram da reunião Edson Rodrigues (PODE), o Edson da Paiol, David Ribeiro da Silva (PPS), o David Neto, Maria Aparecida Monteiro Rodrigues da Fonseca (PR), a Cidinha Assistente Social, Aparecida Barbosa da Silva Neves (PTB), a Cida da Fisioterapia, Valdir Ferreira da Silva (PSD), o Valdir da Farmácia, Alexandre de Oliveira Silva (SD), o secretário de Governo, Dr. João Carlos de Moraes, representando o Executivo, Genival Soares Lima, secretário de Assuntos Institucionais, o chefe da pasta de Transportes, Luis Cláudio Rodrigues, secretário adjunto de Segurança, Sérgio Braz da Silva, e o comandante da GCM, Edson Ramos da Silva. Completam a lista o comandante do 35º Batalhão de Polícia Militar, Marcos Paulo da Silva e Joel Chen, Capitão PM comandante da 1ª Cia da Polícia Militar, bairro Monte Belo, que expôs os índices de criminalidade deste ano, em comparação com 2016.

 

Gisele Santos

Assessoria de Imprensa

Câmara Municipal de Itaquaquecetuba

 


Publicado por: Gisele Santos

Cadastre-se e receba notícias em seu email